quarta-feira, 22 de abril de 2015

Por uma palavra tua..

O silêncio tem o poder de acalmar todas as almas e a faculdade de perturbar o mais nobre de todos os espíritos.
A essência humana que se espelha em cada um de nós, reside num facto muito simples: - Na maneira própria de como olhamos todas as coisas que nos rodeiam e de gostarmos, ou não, dessas mesmas coisas.
Ainda assim, gostar ou não gostar, pode tornar-se um exercício complementar, bastante complicado até porque o mais doce de todos os nossos pecados, pode muito bem ser o maior dos nossos segredos.
Amamos o que desejamos momentaneamente ou amamos o que queremos incondicionalmente?
Até que ponto conseguiremos distinguir o valor mais puro que um ou outro nos transmite? Qual será a diferença entre escolher um sonho quimera de um sonho tornado realidade? - Sim, esse mesmo para o qual direccionamos todas as nossas energias para a realização dessa mesma e só vontade, o tal que nos tira o sono, que nos embala docemente e nos adormece com aquela sensação de aperto no peito...
Em relação a ti, deixa que te diga, uma vez mais. Só o simples facto de te poder imaginar, fez-me sentir mais vivo e duplamente feliz, fazendo com que te amasse, de forma incondicional.
Sei que te amava mais quando vivias nos meus pensamentos, do que quando te tinha junto de mim.
A saudade faz-nos amar de outra forma...saudade é olhar para trás e não encontrar no imediato tamanha felicidade outrora vivida. A saudade é fruto de uma alegria que se perpétua num momento, soma-se em cada hora do dia e dilui-se para sempre no tempo.
Entre nós, pesou o facto de nunca haver um tempo. Entre nós nunca houve Um Tempo. Sempre fomos assim...mendigos de amor sem tempo, despidos de demoras, sem esperas nem impaciências... enquanto eu apenas, e só, esperava por uma simples palavra tua!
É próprio dos humanos ser assim. Estamos fartos de estar bem e quando estamos bem, depressa esquecemos o preço do quanto nos custou alcançar algo assim.
É a procura de outro caminho, que não seja o de ir encontro a ti, que sinto que me falta o carinho de te ter perto de mim. Quero que saibas, se é que não o sabes já, (desde sempre), que tu és daquelas coisas que se não existisse tinha de ser inventada.
E é por isso mesmo que já te amava, antes mesmo de existires.
Tornaste-te num sonho feito realidade...e foi graças a esse momento que acreditei que é preciso ter cuidado com o que sonhamos....
quando menos esperamos a realidade faz-nos a vontade...

....e quando um Homem sonha...


Escrito por Henrique Rocha Almeida
Abril 2015

Sem comentários:

Caminho

Tu que procuras um caminho e vives numa constante encruzilhada, que te julgas neste mundo, sozinho, à procura de tudo e de nada. Tu, ...